Como comprovar a renda diante de uma contemplação de um consórcio

Spread the love

Esse tema é um dos mais complicados no momento de retirada da carta contemplada em consórcios. Muitas pessoas ficam com dúvidas em relação ao momento e aos motivos pelo qual é necessária a comprovação de renda.

Mas não se preocupe, pois seus problemas acabaram. Vamos te ajudar nesse processo de entendimento, para que você nunca mais tenha problemas com a documentação de comprovação de renda no caso de consórcios contemplados.

Vamos entender com mais calma todo o procedimento que deve ser feito na aquisição de sua contemplação.

Separação de documentos importantes

Antes de saber mais sobre os documentos de comprovação de renda que devem ser entregues, vamos falar um pouco sobre as demais informações. Esses são os dados que o consórcio quer saber quando precisa liberar uma carta de crédito para uso pessoal na aquisição do bem.

Você precisa apresentar documentos específicos para cada tipo de consórcio. Isso significa que, se você estiver em um consórcio de veículos, existem algumas informações exclusivas que podem ser requisitadas. O mesmo ocorrerá com os consórcios para compra de imóveis.

Os documentos podem se modificar, mas existem alguns que são requisitados em todos os casos. Eles são o RG ou CNH e o CPF ou CNPJ.

A ficha de cadastro no programa, totalmente preenchida e assinada pelo consorciado, é outro documento que precisa estar em mãos. Você ainda terá que comprovar a sua residência por meio de um comprovante atualizado e regular.

Essa é a lista completa, para que você não se esqueça de nada e possa comprar o bem tranquilamente. Lembre-se de tomar cuidado com a fonte da informação, que pode ser omissa.

Por fim, podemos chegar ao processo de comprovação de renda, tão necessário para alguns casos de contemplação. Quais são as pessoas que precisam apresentar o comprovante? Em quais casos ele é solicitado? Como eu posso comprovar a minha renda? Veremos tudo isso a seguir.

A comprovação de renda

Após ser contemplado, você precisa se mostrar apto a usar a cota que foi garantida pela carta de crédito. A renda comprovada deve corresponder a 4 ou 5 vezes o valor da parcela ofertada. Vamos dar um exemplo para que você entenda melhor.

Digamos que a sua parcela está no valor de 2000 reais. Se esse for o caso, é necessário que você tenha uma renda comprovada de 8000 reais ou 10000 reais. É por meio desse procedimento que você conseguirá comprovar para o consórcio que é capaz de pagar as parcelas regularmente.

A oferta pode ser de outros valores também. É importante que você calcule o valor da renda a partir de sua parcela, para que não ocorram erros.

É por isso que dizemos que todo consorciado deve saber sobre as condições financeiras do consórcio escolhido: você precisará disso em procedimentos como esse. É necessário saber se você poderá pagar e comprovar a renda ao entrar em um desses grupos.

Quando devo comprovar minha renda?

Você deve ficar atento, pois não é logo no começo do processo que você precisará trazer um comprovante. Quando você está fazendo um consórcio, é provável que esse tipo de documentação não seja exigido. Quando, então, você deve se preocupar com essas informações?

Somente quando você for contemplado, há a necessidade de considerar a comprovação de renda. Antes disso, esse não é um requisito. Se você está em um consórcio não contemplado, ainda não é o momento de se preocupar. Vamos entender melhor esse pormenor.

O sonho de todo consorciado é retirar sua carta contemplada. Porém, sabemos que um consórcio é primeiramente não contemplado. Nessa fase, a administradora entende o cliente como alguém que está acumulando uma poupança. O valor é individual e não precisa ser liberado.

No momento da contemplação, o banco quer saber: esse consorciado vai conseguir honrar os pagamentos? Isso é importante, pois o valor será finalmente liberado para uso. Em vez de uma poupança, pense nessa fase como um empréstimo.

É importante que o cliente saiba dessa informação, para que não haja falhas no processo de aquisição do bem. Sem essa comprovação de renda, você terá investido valores mensais em vão. Fique atento!

No votes yet.
Please wait...
Voting is currently disabled, data maintenance in progress.

One Reply to “Como comprovar a renda diante de uma contemplação de um consórcio”

  1. Eu já fiz um consorcio e infelizmente não fui contemplado antes.

    No votes yet.
    Please wait...
    Voting is currently disabled, data maintenance in progress.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *